SAC Atendimento 0800 772 7080
Busca por Lote (O que é?)

Acompanhe a trajetória dos nossos produtos até a sua mesa.

*O nº do lote se encontra
na tampa do produto.

Palmito sem rótulo pode dar multa ao comé

data: 17/01/2010

A presença de vidros de palmito sem embalagem levou a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) a autuar um estabelecimento em Guaratuba.

Na quinta-feira (15), à noite, foram vistoriados 21 estabelecimentos na cidade e abordas 311 pessoas. O resultado foram 24 autuações administrativas e nenhum estabelcimento fechado. Participaram da ação policiais civis e militares, agentes do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), da Vigilância Sanitária e do Conselho Tutelar e fiscais da prefeitura.

De acordo com o coordenador estadual da Aifu, coronel Honório Olavo Bortolini, o comércio do Litoral melhorou as condições de higiene e de regularização tributária.

Em um dos estabelecimentos vistoriados, o coordenador do IAP na Aifu, Paulo Kurslop, explicou que, para comprar palmito, as embalagens devem estar rotuladas com o nome da empresa e data de validade. “Orientamos a população e os comerciantes para que não adquiram ou consumam palmito sem selo de origem, pois estão contribuindo para a extinção da espécie”, disse.

Caso seja constatada reincidência no armazenamento ou compra ilegal do palmito, o infrator pode sofrer sanções administrativas que variam entre R$ 500 e R$ 10 milhões, dependendo da quantidade do produto apreendido

Fonte: Correio do Litoral.com